Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘artes’ Category

Cirque du Soleil

Quando alguém fala em circo o que vem à sua cabeça? Palhaços, picadeiro, leões, número de mágica e incontáveis acrobacias? Sem dúvida! Mas, pra ser sincera, sempre me lembro das caras encantadas da plateia: crianças, adultos, vovós e vovôs de boca aberta, deixando escapar “ooooooohs” e “uaaaau” sem perceber. Pra mim, circo é encantamento! E há algumas semanas tive a oportunidade de acompanhar uma das apresentações de circo mais belas da atualiadade, o Cirque du Soleil.

O circo de nome chique e grandeza reconhecida nos cinco continentes, estacionou parte de sua mega estrutura na cidade engaroada no mês passado com o espetáculo Quidam. Números famosos e impressionantes, como a German Wheel e os diabolôs estão na produção, mas o que realmente chama a atenção é a forte teatralidade e beleza. Os figurinos e maquiagens caprichadas, personagens curiosos e trilha sonora impecáveis fazem uma perfeita ambientação para que a gente se sinta fora de órbita por duas horas e meia. Meus números favoritos foram os dos acrobatas e o do palhaço (choreeeeei de rir). Assista o vídeo abaixo e me diz se não é digno de um “wow!”:

Bom, mas aí vem a parte “chata”: o preço do ingresso. É um absurdo de caro, e vamos combinar que pra você levar a família inteira é uma grana booooa. Claro que vale a pena, mas como gosto de prezar pela cultura livre e com preços mais “agradáveis” resolvi separar algumas diquinhas para levar a família no circo, se encantar, se divertir e ainda não gastar muito! Vamos lá?

Circo Vox

O Circo vox apresenta o espetáculo “Nostalgia” até o dia 25 de abril. Com o nome sugestivo, a trupe pretende levar o público ao mundo da época de ouro do circo, quando os artistas de circo também se apresentavam na televisão. Sábados às 20h30 e Domingos às 19h.  R$20 (inteira) e R$ 10 (meia). É com chegar com pelo menos 30 minutos de antecedência para comprar o ingresso, pois as sessões estão ficando lotadas! Rua Branco de Morais, 63 – Chacára Sto. Antônio

Circo dos Sonhos

Produzido e dirigido pela Academia Brasileira de Circo, o espetáculo reúne o que há de melhor na arte circense e apresenta ao público de uma maneira lúdica e interativa. Até 27/6 aos Sábados e Domingos às 16h, 18h e 20h30. R$20  (cadeira popular) e R$ 25 (cadeira frontal). Av. Nicolas Boer, 120 – Barra Funda.

Anúncios

Read Full Post »

Galeria Romero Britto

Atlantic Family Tree

Durante essas últimas semanas, tenho entrado em contato com vários textos, aulas, atividades relacionadas à arte e crianças. Um deles, me lembrou bastante o propósito aqui do blog: estimular os grandões que lêem as diquinhas aqui, a levar os pequenos em passeios culturais na cidade. E por quê levá-los? Segundo o psicológo russo Lev Vygotsky, a nossa capacidade de imaginar situações novas e tranformar o mundo a nossa volta se dá a partir de nossas experiências com a realidade. Por isso a importância de proporcionar às crianças vivências ricas ligadas ao ver, sentir e ouvir.  “Quanto mais experiências com a realidade tiver a criança, melhor será sua capacidade imaginativa. (…) é por meio das emoções reais suscitadas pela arte que podemos aprofundar nossos sentimentos e sensibilidade de modo criador” (ZURK, Bernardo. “Imagina enquanto eu te conto”. In: Educação e Arte: As Linguagens Artísticas na Formação Humana. Papirus Editora. São Paulo, 2008)

A New Day

Inspirada por isso, e na empolgação que meus alunos ficaram ao entrar em contato com o movimento artístico Pop Art ( e eu também, diga-se de passagem) resolvi falar um pouquinho de arte aqui no Pequenos em Sampa. Um dos meus artistas preferidos é o comtemporâneo Romero Britto. Suas pinturas são muito alegres e carregam um estilo bem marcante, que encanta não só os pequenos, mas todas as idades. É difícil não se encantar com tanta cor! Nascido em Recife, o artista vive há muitos anos nos EUA, mas isso não impede de vermos sua arte aqui no Brasil. Além de estampar várias marcas e produtos, é fácil encontrar reproduções de seus quadros em lojas, galerias, feirinhas de artesanato.

Escultura Big Hug

Aqui em Sampa podemos ver as obras originais na Galeria Romero Britto, localizada no bairro dos Jardins. Pinturas, pôsters e esculturas podem ser encontradas, e o mais legal de se levar os pequenos é poder conhecer qual é o trabalho dos artistas. Pude acompanhar uma turma de Educação Infantil numa visita monitorada e a pessoa que nos acompanhou fez questão de explicar qual a diferença entre um quadro original, as reproduções, qual o processo criativo do Britto e ainda questões estéticas dos quadros. Pareceu muito complexo? Que nada, as crianças adoram e ainda fazem muuuuitas perguntas. É muito gostoso! Vale a pena 😉

Galeria Romero Britto
Rua Oscar Freire, 562
São Paulo – Brasil
telefone: 3062 7350
de 2a à 6a das 10h às 20h e Sábados das 10h às 18h

Read Full Post »

Teatro em Sampa

Praia, sol, piscina, muita diversão e lugares pra conhecer! Como é bom tirar férias!! O melhor de tudo é que o pequenos podem andar descalços, brincar ao ar livre, se lambuzar de sorvete, e pra gente que mora nessa cidade caótica, sabemos muito bem o quanto esses momentos são raros e importantes.

Quando voltamos de férias, na semana passada, percebi que o Gio voltou mais animado para os programinhas culturais, e menos animado com a televisão! Que ótimo!! Mas, foi por meio da telinha que ele mesmo nos sugeriu de fazer um passeio: ir ao teatro. No canal de TV pago, Nickelodeon, está passando várias vezes por dia, propagandas do musical “Os Saltimbancos” que está em cartaz no Rio de Janeiro. O Gio ficou doido pra ir, mas infelizmente não é aqui em Sampa! Maaas eu não ia deixar passar essa vontade dele, então fui atrás de algumas peças aqui e acabei descobrindo que outra montagem da peça de Chico Buarque está em cartaz no Teatro Folha! Essa e mais duas peças são as minhas diquinhas de hoje. Semana que vem conto como foi nossa aventura no teatro e mais detalhes sobre a peça que decidimos ir ver! Aproveitem!

Os Saltimbancos


O musical ficará em cartaz até março no Teatro Folha. As sessões acontecem aos sábado e domingos, às 17h40. Ingressos custam R$30. Shopping Higienópolis – Av. Higienópolis, 618. Recomendação de idade: 3 anos.

João e o Pé de Feijão

Da Cia. Circo Mínimo, a peça entra em cartaz no Teatro João Caetano este final de semana e fica até 14 de março. Os preços são populares (R$10 – inteira, R$5 – meia) e a recomendação da produção é para os pequenos a partir de 4 anos. Teatro João Caetano, Rua Borges Lagoa, 605, Vila Mariana. Sábados e domingos às 16h.

Pedro e o Lobo

Utilizando a técnica do teatro negro, os atores da Cia Imago contam a história de Pedro, um corajoso garoto que mora com seu avô. A peça está em cartaz no Sesc Pompeia. Sábados às 13h30 e domingos às 12h. Ingressos de R$8, R$4 e R$2. Rua Clélia, 93.

Read Full Post »

O Pequeno Príncipe

Pequeno Principe 002No último domingo, fomos conferir a exposição “O Pequeno Príncipe” na Oca do Parque do Ibirapuera. Quem nunca ouviu falar do principezinho que atire a primeira pedra! Afinal, o livro é o terceiro no ranking dos mais traduzidos do mundo – fica atrás somente da Bíblia e do Corão. E não é à toa. A história é universal, conquista todas as idades e todas as etnias, tratando de temas como, amizade, amor, vaidade, respeito… Se você conhece ou não, vá à  Oca de qualquer maneira. A exposição enche os olhos, e o coração também. Plagiando o Pequeno Príncipe: “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos”.

Pequeno Principe 007

Logo na entrada, as crianças recebem um passaporte pois irão conhecer um mundo novo, na verdade um pequeno asteroide chamado B-612, onde vive o Pequeno Príncipe. Chegamos bem na hora que um grupo estava saindo com uma monitora (as visitas monitaradas começam a cada hora), e foi muito bom acompanharmos o grupo, pois logo no primeiro andar da exposição, há várias caixas vazadas, como as das fotos acima, que representam cada capítulo do livro. Com a monitora, pudemos relembrar ou conhecer a história. Cada caixa apresenta um tipo diferente de interação. Logo no início do livro, o Pequeno Príncipe pede ao narrador que desenhe uma ovelha, e nas paredes da caixa podemos atender o pedido do teimoso principezinho.

Pequeno Principe 003

É difícil encontrar um lugar pra desenhar...

Mas a caixa que mais impressiona é aquela que representa o capítulo onde o Pequeno Príncipe pega carona numa imigração de passáros. Atrás de uma tela, e com a ajuda de um programa de computador, podemos pegar carona e viajar pelo universo… é muito bonito!

Pequeno Principe 011 Pequeno Principe 013

Pequeno Principe 026

Um ator representa Saint-Exupéry e o acidente de avião no deserto.

No subsolo, podemos conhecer a vida de Antoine de Saint-Exupéry que foi um grande piloto de aviões e criou uma das primeiras linhas de correio aéreo. Há muitas referências de sua própria experiência de vida no livro que lhe tornou conhecido no mundo inteiro. Descobrimos que a rosa que o Pequeno Príncipe tanto ama, é na verdade Consuelo, a mulher com quem Sain-Exupéry se casou. O piloto também passou algum tempo no deserto e teve alguns acidentes parecidos com o do narrador da obra. Outra curiosidade é que Saint-Exupéry passou pelo Brasil, e o baobá que insiste em ameaçar o planetinha do Pequeno Príncipe foi visto pelo autor na cidade de Natal. Passou também por Florianópolis e ganhou um apelido dos moradores locais: “Zé Perry”.

A exposição ainda conta com vários documentos, livros, aquarelas originais, rascunhos e documentos do autor. No último andar podemos ter a experiência de andar no asteroide B-612 e encontrar a rosa, os vulcões e ainda deitar para admirar os outros planetinhas que o Pequeno Príncipe visitou.

Pequeno Principe 029

Ao final da exposição não tem como não se inspirar pela obra e começar a olhar os pequenos detalhes da vida. Certamente, temos muito o que aprender com as metafóras tão bem construídas por Saint-Exupéry, e a maneira com que ele conseguiu captar o olhar de criança que tanto falo aqui no blog.

Informações:

Parque do Ibirapuera
Pavilhão Lucas Nogueira Garcez – OCA
Av. Pedro Alvarez Cabral, s/n° – Portão 03 – São Paulo – SP

De terça a sexta-feira, das 9h às 19h
Finais de semana e feriados, das 10 às 20h
(fechamento da bilheteria com uma hora de antecedência)
Fechado às segundas-feiras

R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (estudantes e professores com identificação
da instituição)
Entrada Franca para menores de 3 anos, maiores de 60 anos, público
especial e grupos de escolas publicas agendados.

+ (11) 3034-6424 ou www.opequenoprincipe.com

Read Full Post »

Inspirada pelo final de semana, em que contei a história Flicts para as crianças da Casa Ninho com a ajuda de muitos amigos, resolvi reunir aqui algumas sessões de contação de histórias pela cidade. Contar histórias é mais do que contar, é encantar. E resumindo um pouco do que se pode experimentar ouvindo uma boa história cito um trecho do livro “Literatura Infantil: ler, contar e encantar crianças” de Elias José:

Fruto do Imaginário humano, uma história mexe e remexe com a nossa memória, fertiliza a nossa fantasia, faz a vida vivida vir à tona em nossa imaginação. Sentimos habitantes das histórias. Vivemos o que as personagens vivem. As experiências vividas por elas passam a ser nossas. As histórias provocam a nossa vontade de ser personagem, de ser escritor, de ser contador, ou apenas ouvinte ou leitor. Uma história faz o homem evadir-se na realidade, sorrir e imaginar coisas possíveis e apenas vividas nos sonhos, na fantasia, na poesia e na ficção.

Bonito, não é? Espero que esse trecho tenha inspirado vocês a contarem mais histórias para os pequenos ao redor! Bom passeio!

A Cia Hora da História estará no Sesc Interlagos neste sábado (31/10) às 15h50 criando e contando histórias a partir de jogos e folguedos tradicionais. É grátis e a contação acontece na Ludoteca. Também no sábado no Sesc Avenida Paulista, às 15h, o grupo Prana conta a história Palha de Ouro, versão brasileira do conto dos irmãos Grimm, Rumpelstiltskin (o nome é complicado, mas a história é bem legal!). A brincadeira promete ser bem animada com bonecos, adereços de capim dourado e bonecos!

grupoprana

Grupo Prana (www.pranateatro.com)

Sesc Interlagos
Av. Manuel Alves Soares, 1100
telefone: 5662-9500

Sesc Avenida Paulista
Av. Paulista, 119
telefone: 3179 3700

sansakroma3

Débora e Júlio do Sansakroma (www.sansakroma.com)

E ainda no sábado o grupo Sansakroma (sempre presentes na Faculdade de Educação da USP, e por isso já pude conferir de perto o trabalho deles!) apresenta Uma Viagem por Povos Através de Cantos e Contos”. Júlio e Débora são dois educadores com um repertório maravilhoso. Cada vez que se aproximam da mala que carregam é uma surpresa diferente. A apresentação da dupla ainda conta com muita música e brincadeira. Os pequenos vão se divertir e os grandões também com certeza!

Livraria Sobrado
Av. Moema, 493
telefone: 5052-3540

Read Full Post »

especialcriancas

No mês das crianças, o Sesc Pompeia apresenta uma série de shows, peças de teatro, exposições, encontros, intervenções e saraus para homenagear a criança que tem dentro dos pequenos, médios e grandes: a poesia! A criança é pura poesia, pois tem uma olharzinho curioso, que não se contenta com pouco, que investiga, faz metáfora, inventa história, descobre o mundo. “Para ser Poeta, Poetinha” é o nome dado a essa programação pra lá de especial! É tanta coisa, que aqui no blog vou dar prioridade para as atividades que acontecem nesse fim de semana! Dá pra almoçar no próprio Sesc (que é uma delícia) e passar o dia inteirinho participando da programação!

11_unidade_horarioAmanhã (10/10) acontecem várias intervenções bem legais na Rua Central do Sesc (foto). Nunca foi lá? A Rua Central é um corredorzão que liga os galpões do espaço e o chão é todo de paralelepípedos, como se fosse uma continuação da rua. às 13h, 14h30 e 15h30 grandes poetas brasileiros como, Carlos Drummond de Andrade e Cecília Meireles viram estátuas vivas que interagem com as crianças, distribuindo trechos de obras. (essa atividade também acontece no domingo 11/10). Às 13h30, 16h30 e 17h30 a brincadeira é telefone sem fio! Poemas de Manoel Barros e Canções Populares vão passar de ouvido em ouvido! Gente, e tem muito mais acontecendo na Rua Central! Todos os horários estão repletos de atividades artísticas, vai ter até grupo se esbarrando no outro. Uma verdadeira festa!

Também no sábado, às 15h acontece um encontro criativo com a autora Selma Maria que se inspirou no interior de Minas Gerais, onde nasceu João Guimarães Rosa, para compôr suas obras. Ela ainda apresenta brinquedos e interage com o público contando um pouco sobre sua viência no sertão. E pra encerrar o dia, tem o sarau-espetáculo “O Une-Dune… P de Poesia”. Artistas como Cássio Scapin (o Nino do Castelo Rá-Tim-Bum!!), Paula Toller, Amanda Acosta, entre outros, apresentam poesias de Vinicius de Moraes e Chico Buarque, misturando música, teatro, dança e circo. Imperdível! A atividade acontece no Teatro às 20h (no sábado) e às 18h (domingo e segunda). Os ingressos custam R$20 (inteira), R$10 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante]) e R$5 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes)
E ainda tem muuuuito mais! Dá uma conferida  no site do Sesc, porque a programação não pára por aqui! Eu fiquei morrendo de vontade de passar o dia lá, e você?

Read Full Post »

especialcriancas

logo_doutoresA segunda dica da semana é a programação dos Doutores da Alegria. Continuando as celebrações de 18 anos de existência dos besteirologistas, a ONG segue pelo mês de Outubro com atividades para os pequenos e algumas para os grandões. Algumas das atividades já aconteceram e as próximas só serão na semana seguinte do feriado, mas como algumas precisam de inscrição prévia, dá tempo de se programar direitinho 😉

No dia 17, acontece a Oficina Para Pais e Filhos. A brincadeira fica por conta de Wellington Nogueira (fundador dos Doutores) e Thais Ferrara que compõe o elenco desde 1993. Eu gostaria muuuuito de ir, porém não tenho filhos e a minha mãe não pode me levar (já fiquei muito grandinha :() Quem for, por favor, conta por aqui. Deve ser demaaaais! Imagina brincar no meio desses dois palhaços? Que delícia! A bagunça toda acontece  no Espaço Doutores da Alegria (o menor centro cultural de palhaços do mundo!) que fica na Rua Alves Guimarães, 73 em Pinheiros das 10h às 12h. Ah! Não esqueça de fazer sua inscrição e do seu filhote pelo telefone: 3061-5523 e é gratuito!

No mesmo Espaço Doutores da Alegria, no dia 24 às 16h o Dr. Mané Pereira apresenta uma montagem inspirada nas esquetes tradicionais de palhaço, o espetáculo “Precisa-se de uma Mané”. O pano de fundo é um restaurante e já dá pra imaginar as mil e uma trapalhadas que Mané irá aprontar com os clientes! A entrada é franca e as inscrições podem ser feitas no site dos Doutores, neste link aqui.

Doutores_Alegria

No dia 25, no Teatro Jaraguá acontece a tradicional “Roda Artística para pais e filhos” onde os Doutores preparam cenas muito especiais para mostrar ao público em geral, um pouquinho do trabalho dentro dos hospitais. Em junho, conferi de pertinho e escrevi aqui no blog! Nem preciso dizer que vale a pena, né? O Teatro Jaraguá fica na Rua Martins Fontes, 71 e o espetáculo começa às 11h. A entrada é R$10 (inteira) e R$5 (meia).

E ainda, durante todo o mês de outubro parte do elenco está em cartaz no Sesc Paulista com a peça “Senhor Dodói”, inspirada em “O Doente Imaginário” de Molière. Pude conferir o espetáculo no ano passado durante um evento da Livraria Cultura e é genial! Atuações incríveis, figurinhos, história, música… tudo sensacional! E de quebra, o Giorgio saiu encantado e ficou super concentrado o tempo todo (coisa raaaara de se acontecer). Ainda saímos do teatro cantarolando as músicas. Sábados, domingos e feriados às 16h. Os ingressos custam R$12 (inteira), R$6 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante) e R$3 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes). O Sesc Paulista fica na Av. Paulista, 119.

Read Full Post »

Older Posts »