Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘literatura’ Category

Confesso que essas férias estão um tanto paradas… Eu e o Giorgio não nos animamos muito em passeios culturais e acabamos curtindo a merecida folga em casa mesmo. Quase toda semana vem algum amiguinho dele aqui em casa e eles passam o dia juntos brincando. Já que a preguiça é maior, acabei me aventurando bastante na cozinha durante esses dias, então resolvi fazer um post com diquinhas sobre culinária para crianças.

Há alguns anos comprei o livro “Um Tico-Tico no Fubá – Sabores da nossa história” numa livraria aqui perto de casa na sessão de crianças, é claro. Fiquei apaixonada pelas ilustrações e os pequenos textos que contam um pouco das histórias das comidas regionais do Brasil e algumas do mundo também. E o mais legal é que cada receita tem a faixa etária indicada e tudo bem ilustrado, o que deixa mais divertido. E os bem pequeninos podem se arriscar também, já que tem receita desde os 3 anos.

O livro é da autora Gisela Tomanik Berland, editado pela Companhia Editora Nacional.  208 páginas e pesquisando na internet, achei o livro por menos de R$ 30! Vale a pena! E se você passar em alguma livraria, verá que tem opções bem legais nessa aérea para crianças!

Eu adoro cozinhar, e com os pequenos devemos ter alguns cuidados básicos. Nada de fogão, misturas quentes, facas, tesouras, enfim qualquer coisa que ofereça algum tipo de risco de acidente. Portanto, o lugar ideal para preparar receitas é em uma mesa grande, forrada com plástico (sim, ingredientes serão derrubados inevitavelmente, e não se estresse com isso). Antes de começar a receita, explique qual será o papel da criança e se tiver mais de uma, é legal conversar sobre dividir tarefas e que todos terão a oportunidade de botar a mão na massa. Para evitar ansiedade, enquanto você prepara algo, peça que as crianças segurem algum ingrediente e que será sua responsabilidade cuidar dele. Incentive os pequenos a perceberem a textura dos alimentos, o que acontece quando são misturados, o sabor, as cores… Garanto que será muito proveitoso! Ah! Para os menores, prefira receitas que envolvam algum tipo de massa, como biscoitos ou que tenha algum tipo de montagem, como sanduíches, mini-pizza… Para os maiores não se intimide e deixe que eles se aventurem! Boa bagunça e bom apetite! : )

Read Full Post »

O Pequeno Príncipe

Pequeno Principe 002No último domingo, fomos conferir a exposição “O Pequeno Príncipe” na Oca do Parque do Ibirapuera. Quem nunca ouviu falar do principezinho que atire a primeira pedra! Afinal, o livro é o terceiro no ranking dos mais traduzidos do mundo – fica atrás somente da Bíblia e do Corão. E não é à toa. A história é universal, conquista todas as idades e todas as etnias, tratando de temas como, amizade, amor, vaidade, respeito… Se você conhece ou não, vá à  Oca de qualquer maneira. A exposição enche os olhos, e o coração também. Plagiando o Pequeno Príncipe: “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos”.

Pequeno Principe 007

Logo na entrada, as crianças recebem um passaporte pois irão conhecer um mundo novo, na verdade um pequeno asteroide chamado B-612, onde vive o Pequeno Príncipe. Chegamos bem na hora que um grupo estava saindo com uma monitora (as visitas monitaradas começam a cada hora), e foi muito bom acompanharmos o grupo, pois logo no primeiro andar da exposição, há várias caixas vazadas, como as das fotos acima, que representam cada capítulo do livro. Com a monitora, pudemos relembrar ou conhecer a história. Cada caixa apresenta um tipo diferente de interação. Logo no início do livro, o Pequeno Príncipe pede ao narrador que desenhe uma ovelha, e nas paredes da caixa podemos atender o pedido do teimoso principezinho.

Pequeno Principe 003

É difícil encontrar um lugar pra desenhar...

Mas a caixa que mais impressiona é aquela que representa o capítulo onde o Pequeno Príncipe pega carona numa imigração de passáros. Atrás de uma tela, e com a ajuda de um programa de computador, podemos pegar carona e viajar pelo universo… é muito bonito!

Pequeno Principe 011 Pequeno Principe 013

Pequeno Principe 026

Um ator representa Saint-Exupéry e o acidente de avião no deserto.

No subsolo, podemos conhecer a vida de Antoine de Saint-Exupéry que foi um grande piloto de aviões e criou uma das primeiras linhas de correio aéreo. Há muitas referências de sua própria experiência de vida no livro que lhe tornou conhecido no mundo inteiro. Descobrimos que a rosa que o Pequeno Príncipe tanto ama, é na verdade Consuelo, a mulher com quem Sain-Exupéry se casou. O piloto também passou algum tempo no deserto e teve alguns acidentes parecidos com o do narrador da obra. Outra curiosidade é que Saint-Exupéry passou pelo Brasil, e o baobá que insiste em ameaçar o planetinha do Pequeno Príncipe foi visto pelo autor na cidade de Natal. Passou também por Florianópolis e ganhou um apelido dos moradores locais: “Zé Perry”.

A exposição ainda conta com vários documentos, livros, aquarelas originais, rascunhos e documentos do autor. No último andar podemos ter a experiência de andar no asteroide B-612 e encontrar a rosa, os vulcões e ainda deitar para admirar os outros planetinhas que o Pequeno Príncipe visitou.

Pequeno Principe 029

Ao final da exposição não tem como não se inspirar pela obra e começar a olhar os pequenos detalhes da vida. Certamente, temos muito o que aprender com as metafóras tão bem construídas por Saint-Exupéry, e a maneira com que ele conseguiu captar o olhar de criança que tanto falo aqui no blog.

Informações:

Parque do Ibirapuera
Pavilhão Lucas Nogueira Garcez – OCA
Av. Pedro Alvarez Cabral, s/n° – Portão 03 – São Paulo – SP

De terça a sexta-feira, das 9h às 19h
Finais de semana e feriados, das 10 às 20h
(fechamento da bilheteria com uma hora de antecedência)
Fechado às segundas-feiras

R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (estudantes e professores com identificação
da instituição)
Entrada Franca para menores de 3 anos, maiores de 60 anos, público
especial e grupos de escolas publicas agendados.

+ (11) 3034-6424 ou www.opequenoprincipe.com

Read Full Post »

Inspirada pelo final de semana, em que contei a história Flicts para as crianças da Casa Ninho com a ajuda de muitos amigos, resolvi reunir aqui algumas sessões de contação de histórias pela cidade. Contar histórias é mais do que contar, é encantar. E resumindo um pouco do que se pode experimentar ouvindo uma boa história cito um trecho do livro “Literatura Infantil: ler, contar e encantar crianças” de Elias José:

Fruto do Imaginário humano, uma história mexe e remexe com a nossa memória, fertiliza a nossa fantasia, faz a vida vivida vir à tona em nossa imaginação. Sentimos habitantes das histórias. Vivemos o que as personagens vivem. As experiências vividas por elas passam a ser nossas. As histórias provocam a nossa vontade de ser personagem, de ser escritor, de ser contador, ou apenas ouvinte ou leitor. Uma história faz o homem evadir-se na realidade, sorrir e imaginar coisas possíveis e apenas vividas nos sonhos, na fantasia, na poesia e na ficção.

Bonito, não é? Espero que esse trecho tenha inspirado vocês a contarem mais histórias para os pequenos ao redor! Bom passeio!

A Cia Hora da História estará no Sesc Interlagos neste sábado (31/10) às 15h50 criando e contando histórias a partir de jogos e folguedos tradicionais. É grátis e a contação acontece na Ludoteca. Também no sábado no Sesc Avenida Paulista, às 15h, o grupo Prana conta a história Palha de Ouro, versão brasileira do conto dos irmãos Grimm, Rumpelstiltskin (o nome é complicado, mas a história é bem legal!). A brincadeira promete ser bem animada com bonecos, adereços de capim dourado e bonecos!

grupoprana

Grupo Prana (www.pranateatro.com)

Sesc Interlagos
Av. Manuel Alves Soares, 1100
telefone: 5662-9500

Sesc Avenida Paulista
Av. Paulista, 119
telefone: 3179 3700

sansakroma3

Débora e Júlio do Sansakroma (www.sansakroma.com)

E ainda no sábado o grupo Sansakroma (sempre presentes na Faculdade de Educação da USP, e por isso já pude conferir de perto o trabalho deles!) apresenta Uma Viagem por Povos Através de Cantos e Contos”. Júlio e Débora são dois educadores com um repertório maravilhoso. Cada vez que se aproximam da mala que carregam é uma surpresa diferente. A apresentação da dupla ainda conta com muita música e brincadeira. Os pequenos vão se divertir e os grandões também com certeza!

Livraria Sobrado
Av. Moema, 493
telefone: 5052-3540

Read Full Post »

Primeiro peço desculpas por não conseguir postar todos os dias, mas ainda dá pra aproveitar o mês das crianças. Dessa vez a brincadeira acontece no Centro Cultural São Paulo.

centro cultural

Contação de Histórias

Nos próximos finais de semana, a hora da história está garantida! Nos dias 17, 18, 31/10 e 1/11 acontece os “Encontros Encantados” com os contadores Josianne e Chico Lú. A dupla promete trazer variados contos e também muitas brincadeiras, cantigas, trava-línguas e jogos de oralidade. E nos dias 24 e 25/10 é a vez do contador Fábio Lisboa apresentar lendas dos índios brasileiros e americanos. A entrada é franca e a contação acontece na Sala de Leitura infanto-juvenil da Biblioteca Sérgio Milliet, dentro do Centro Cultural sempre às 14h30. Uma coisa muito legal é que todo último fim de semana do mês haverá uma intéprete de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais).

Teatro

cr-sp-historiasdechuva_rDuas peças estão em cartaz até o dia 1º de novembro. Na Sala Jardel Filho o grupo “Teatro da Gioconda” apresenta “Histórias de Chuva – Gênese”. As personagens são uma menina e sua mãe que inventam histórias mágicas que acabam se confundindo com a realidade. Já na Sala Paulo Emilio Salless Gomes a homenageada é Clarice Lispector com “A mulher que matou os peixes”. É uma linda história de amor aos animais. As duas apresentações acontecem aos sábados e domingos às 16h. O ingresso é R$10 e a bilheteria abre com duas horas antes do início do espetáculo.

O Centro Cultural São Paulo fica na Rua Vergueiro, 1000. Ao lado da estação Vergueiro do metrô.


voltar ao topo

Read Full Post »

especialcriancas

No mês das crianças, o Sesc Pompeia apresenta uma série de shows, peças de teatro, exposições, encontros, intervenções e saraus para homenagear a criança que tem dentro dos pequenos, médios e grandes: a poesia! A criança é pura poesia, pois tem uma olharzinho curioso, que não se contenta com pouco, que investiga, faz metáfora, inventa história, descobre o mundo. “Para ser Poeta, Poetinha” é o nome dado a essa programação pra lá de especial! É tanta coisa, que aqui no blog vou dar prioridade para as atividades que acontecem nesse fim de semana! Dá pra almoçar no próprio Sesc (que é uma delícia) e passar o dia inteirinho participando da programação!

11_unidade_horarioAmanhã (10/10) acontecem várias intervenções bem legais na Rua Central do Sesc (foto). Nunca foi lá? A Rua Central é um corredorzão que liga os galpões do espaço e o chão é todo de paralelepípedos, como se fosse uma continuação da rua. às 13h, 14h30 e 15h30 grandes poetas brasileiros como, Carlos Drummond de Andrade e Cecília Meireles viram estátuas vivas que interagem com as crianças, distribuindo trechos de obras. (essa atividade também acontece no domingo 11/10). Às 13h30, 16h30 e 17h30 a brincadeira é telefone sem fio! Poemas de Manoel Barros e Canções Populares vão passar de ouvido em ouvido! Gente, e tem muito mais acontecendo na Rua Central! Todos os horários estão repletos de atividades artísticas, vai ter até grupo se esbarrando no outro. Uma verdadeira festa!

Também no sábado, às 15h acontece um encontro criativo com a autora Selma Maria que se inspirou no interior de Minas Gerais, onde nasceu João Guimarães Rosa, para compôr suas obras. Ela ainda apresenta brinquedos e interage com o público contando um pouco sobre sua viência no sertão. E pra encerrar o dia, tem o sarau-espetáculo “O Une-Dune… P de Poesia”. Artistas como Cássio Scapin (o Nino do Castelo Rá-Tim-Bum!!), Paula Toller, Amanda Acosta, entre outros, apresentam poesias de Vinicius de Moraes e Chico Buarque, misturando música, teatro, dança e circo. Imperdível! A atividade acontece no Teatro às 20h (no sábado) e às 18h (domingo e segunda). Os ingressos custam R$20 (inteira), R$10 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante]) e R$5 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes)
E ainda tem muuuuito mais! Dá uma conferida  no site do Sesc, porque a programação não pára por aqui! Eu fiquei morrendo de vontade de passar o dia lá, e você?

Read Full Post »

Vendo alguns episódios da série de televisão “Charlie e Lola” com o Giorgio outro dia, me inspirei pra escrever sobre os dois irmãos aqui no blog, e aproveitar pra indicar a peça homônima em cartaz aqui em Sampa.

charlielola

A série é inspirada nos livros de Lauren Child. O primeiro deles, “Eu nunca vou comer tomate”, foi publicado em 2001 no Reino Unido. Uma das coisas que encanta nos livros, além dos incríveis personagens, são as ilustrações. Ela mistura texturas, fotos, desenhos que transformam o mundo de Charlie e Lola muito mais charmoso, e de uma forma muito simples.

charlie_e_lola

Mas vamos falar do principal! Charlie é um menino de 7 anos que tem uma irmãzinha 3 anos mais nova, a Lola. As histórias se desenrolam a partir do ponto de vista do Charlie – “Essa aqui é minha irmãzinha Lola, ela é pequena e muito engraçada…” Pra quem já assistiu, sabe que o Charlie é um irmão muuuuito paciente e  muuuuito legal, o que é um tanto irreal (hahaha). A própria Lauren Child, sabe disso, e no seu site ela faz uma notinha de rodapé: “Ninguém é tão legal quanto o Charlie”.

charlieelola

A Lola tem muitas características reais das crianças: é egoísta, teimosa e não gosta de ser contrariada. Por isso, seu irmão Charlie tem muito o que lhe ensinar, e juntos criam histórias incríveis, usando somente a imaginação. Para mim, é o que faz valer a pena assistir ou ler Charlie e Lola. As crianças tem uma capacidade enorme de subverter a realidade, e muitas vezes precisam do empurrãozinho do irmão mais velho, pai, mãe, professora. E quando crescemos, temos uma dificuldade enorme de imaginar, criar, brincar. E aprender como fazer isso com os dois irmãos é muito gostoso!

E pra não bastar estar nos livros e na televisão, eles invadiram o teatro também! A peça “Charlie e Lola” trabalha no plano 2D com bonecos , assim como no desenho animado. Também conta com a mesma dupla de dubladores da versão nacional, que é transmitida pela TV Cultura e Discovery Kids.  A peça fica em cartaz até dia 1º de novembro no Teatro das Artes, no Shopping Eldorado.

E pra quem não conhece, aqui vai um vídeo do episódio que Charlie e Lola imaginam quantas coisas as comidas podem se transformar:

Charlie e Lola – A peça

sábados e domingos, às 11h e às 16h.
Teatro das Artes – Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3.970
Telefone: 3034-0075
R$ 50,00 (R$ 25,00 na meia-entrada)

Read Full Post »

Antes tarde do que nunca, retorno aqui trazendo diquinhas para aproveitar a nossa querida Sampa no Feriado da Independência! Vou viajar com a família, então se você puder aproveitar alguma delas, por favor me conte porque fiquei morrendo de vontade de ir em todas as atividades! Bom feriado! 🙂

*100 + Nem Menos


O espetáculo de nome curioso, promete atrair pequenos de todos os tamanhos.  O enredo se baseia na construção de figuras e imagens, inspiradas nas obras de Paul Klee e Joan Miró e ainda com a ajuda de alguns conceitos matemáticos. Ficou confuso? Pois é, mas as músicas populares cantadas ao vivo e figuras flutuantes devem prender a atenção das crianças e ainda garantir um lindo espetáculo! A peça é da Cia Noz e fica em cartaz até o fim do mês e faz duas apresentações especiais no feriado, uma no domingo (6) e outra na segunda (7)  às 15h30.

Sesc Santana
Av. Luiz Dumont Villares, 579
Telefone: 2971-8700
sessões especiais: 6/09 e 7/09 às 15h30
demais datas: Terças, às 10h e às 14h30; quartas, às 10h. (até dia 30/09)
GRÁTIS

*Contação de história – “Chico Cambeva”

Se o sol não resolver aparecer a dica é se enfiar na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista. A loja é enorme e a parte infantil é de encher os olhos. Tem até o “esqueleto” de um dinossauro (edit: é um dragão hahaha) e vários pufes pros pequenos se esbaldarem. Nesse sábado, às 16h vai ter a contação da história “Chico Cambeva”. O livro trás o conto de um homem que saiu para um dia de pescaria e acabou fisgando uma criatura imensa. Suficiente para aguçar a curiosidade das crianças e adultos!

Livraria Cultura Conjunto Nacional
Av. Paulista, 2073
Telefone: 3170-4033
GRÁTIS

*Museu do Ipiranga

Reis Preguiçosos 004E vai que o sol resolve aparecer e iluminar o Parque da Independência? Nada melhor pra fazer bem no feriado que dá nome aos bonitos jardins. O passeio pelas árvores ainda pode ser melhor visitando o Museu Paulista, mais conhecido por Museu do Ipiranga. E pra comemorar a data, o museu preparou duas oficinas voltadas para as crianças no sábado (5). Aproveitem! Só precisa fazer inscrição antecipada pelo telefone: 2065-8071. Os temas parecem ser bem legais, e nada melhor do que conhecer um pouquinho mais sobre a história do nosso país e poder compartilhar com os pequenos.

05 de setembro, das 10h às 11h30 (20 vagas)

Nesse dia, pela manhã, a oficina é dedicada a crianças de 7 a 12 anos. Com linguagem leve e fazendo uso de exercícios lúdicos, nossos educadores tratarão do tema que marca o mês de setembro: a Independência do Brasil. Longe de ser uma aula de história o objetivo dessa oficina é tratar no tema da Independência através do contato com nosso acervo em exposição buscando explorar nossas diversas formas de percepção.

05 de setembro, das 14h às 15h30 (20 vagas)

Nesse dia, pela tarde, a oficina é dedicada à família. O objetivo dessa oficina é mostrar como um museu pode falar a todas as faixas etárias, por isso escolhemos como público alvo os grupos familiares. O tema deste mês é a Independência do Brasil e faremos exercícios voltados para exploração do acervo em exposição atentando para as diversas possibilidades de linguagem que encontraremos.

As informações foram retiradas do site: http://www.mp.usp.br/oficinas/oficina_indep.html

Museu Paulista da USP
Parque da Independência, s/n
Telefone: 2065-8000
GRÁTIS

Read Full Post »

Older Posts »